Publicado por: Comitê.PA | 26/01/2016

Fotos do Ato contra Intolerância Religiosa

IMG_0003 IMG_0013 IMG_0009 IMG_0012 IMG_0014 IMG_0016 IMG_0018  IMG_0023 IMG_0026 IMG_0025 IMG_0028 IMG_0031 IMG_0033 IMG_0036 IMG_0035 IMG_0040  IMG_0038 IMG_0045 IMG_0052 IMG_0050 IMG_0053 IMG_0055 IMG_0061 IMG_0062 IMG_0064 IMG_0066 IMG_0069 IMG_0073 IMG_0065 IMG_0067

IMG_0074 IMG_0076 IMG_0081 IMG_0083 IMG_0085 IMG_0088 IMG_0086 IMG_0093 IMG_0089 IMG_0091 IMG_0117 IMG_0116

IMG_0095 IMG_0097 IMG_0101

Publicado por: Comitê.PA | 25/01/2016

Matérias sobre o 7º Ato contra à Intolerância Religiosa

digitalizar0001

http://www.ormnews.com.br/noticia/ato-pede-tolerancia-religiosa

 

 

Publicado por: Comitê.PA | 25/01/2016

Matéria do Jornal O Liberal

Acir 2016

Publicado por: Comitê.PA | 18/01/2016

7º ATO CONTRA INTOLERÂNCIA RELIGIOSA

ACIR 2016

Não existe um Caminho para a PAZ.  A PAZ é o Caminho

7º ATO CONTRA INTOLERÂNCIA RELIGIOSA

24 de janeiro, domingo, de 9:00 às 11:30 na Praça Batista Campos.

Concentração: Coreto Central, às 09h.

No mês dos 400 anos de aniversário da cidade de Belém e para marcar o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa (*), o Comitê Inter-Religioso do Estado do Pará promove o Sétimo Ato Contra Intolerância Religiosa no dia 24 de janeiro de 2016.

Este evento que tem como objetivo chamar à população paraense para fortalecer o combate às várias formas de intolerância religiosa, buscando assim a construção de um Diálogo entre as diversas espiritualidades / religiosidades como um Caminho para a Paz!

No evento estarão presentes lideranças religiosas: cristãs (católicos, anglicanos, luteranos,  santo daime, e outros), afro-religiosos, wiccas, hare krishnas, esotéricos, entre outros.

O Estado Brasileiro é laico. Ele tem o dever de garantir a liberdade religiosa, conforme o Art. 5º, inciso VI, da Constituição: “É inviolável a liberdade de consciência e crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de cultos e as suas liturgias.” A liberdade religiosa é um dos direitos fundamentais da humanidade, como afirma a Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Certamente pela diversidade de nossa origem, pela convivência entre os diferentes, deveríamos servir de exemplo para o mundo. No Brasil de hoje, a intolerância religiosa não produz guerras, nem matanças. Entretanto, muitas vezes, o preconceito existe e se manifesta pela humilhação imposta àquele que é “diferente”. Quando alguém é humilhado, discriminado e agredido devido à sua crença, ele tem seus direitos constitucionais e humanos violados. Essa pessoa é vitima de um crime punível pelo Código Penal Brasileiro.

Invadir locais de culto, desrespeitar a espiritualidade alheia ou tentar impor aos outros a visão que sua religião é falsa e agredir verbal ou fisicamente devido à sua crença: tudo isto é intolerância religiosa, é discriminação contra as religiões.

*O Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, 21 de janeiro, foi instituído pela Presidência da República, com a Lei 11.635, em 27 de dezembro de 2007, também homenagem em Mãe Gilda, Sacerdotisa Afro-Religiosa, que morreu de infarto por ter tido sua foto associada a charlatanismo, sendo vítima de intolerância religiosa. Mãe Gilda faleceu no dia 21 de janeiro de 2000, aos 64 anos.

Comitê Inter-Religioso do Estado do Pará:

Religiosos em cooperação por um mundo sem intolerância e exclusões decorrentes de orientações e opções religiosas, promovendo o diálogo entre as religiões para desenvolver a cultura de paz, de justiça e respeito aos direitos humanos.

Atuar na construção de uma sociedade justa, fraterna e pacífica pautada no respeito à diversidade religiosa.

– Conhecer e valorizar a diversidade religiosa na perspectiva da construção de relações de diálogo, respeito, justiça e paz.

– Combater a intolerância religiosa e toda forma de preconceito e exclusão social.

– Ampliar e fortalecer o Comitê Inter-religioso enquanto referência na defesa dos direitos humanos e liberdade religiosa.

Contatos do Comitê: Mãe Nangetu (98193-8647) Alex Barata (98351-5728)

Ílziris Miranda (98893-1555).

https://comiter.wordpress.com/ Email: comiteinterreligioso@gmail.com /

https://www.facebook.com/groups/comite.interreligioso.do.para/

Publicado por: Comitê.PA | 01/10/2015

Roda de Conversa sobre o Estatuto da Família

O CIEPA (Comitê Inter-religioso do Estado do Pará) convida a todos, a participar desta conversa sobre o Estatuto da Família, na Luterana.

Às 08h30min será servido um café da manhã, cortesia da Reju (rede ecumênica da juventude).

Esperamos por vocês.

Roda de Conversa sobre o Estatuto da Família

Materias publicadas nos jornais O Liberal, Diário do Pará (dois textos) e Amazônia.

01

02

03

04

 

http://www.diarioonline.com.br/noticias/para/noticia-317145-.html

http://www.ormnews.com.br/noticia/ato-combate-a-intolerancia#.VMbl7phA534

http://www.diarioonline.com.br/noticias/para/noticia-316735-entidades-farao-ato-contra-a-intolerancia.html

Publicado por: Comitê.PA | 26/01/2015

6º Ato de Combate à Intolerância Religiosa Fotos 2015

IMG_0353 IMG_0259 IMG_0262 IMG_0271 IMG_0276 IMG_0281 IMG_0282 IMG_0291 IMG_0306 IMG_0311 IMG_0316 IMG_0317 IMG_0320 IMG_0330 IMG_0325

terrorismo_a4O Comitê Inter-religioso do Pará repudia os ataques terroristas na França e na Nigéria.

Nada justifica o uso de violência extrema contra um jornal resultando em várias mortes. Combater desenhos com fuzis é desproporcional e desumano.

Na verdade, o Charlie Hebdo faz charges virulentas contra todos (cristãos, judeus, muçulmanos, direita e esquerda francesa).

Alguns dizem que os cartunistas receberam o que mereciam, outros que toda ação gera uma reação. Outros dizem que os desenhistas eram intolerantes, racistas e preconceituosos. Nada disso justificar matar em nome de Alá ou Maomé ou de qualquer outra religião ou espiritualidade.

Condenamos também os ataques feitos pelo grupo Boko Haram na Nigéria. Na cidade de Maiduguri, vinte pessoas morreram com a explosão de uma menina-bomba e na cidade de Baga totalmente destruída após ataque, a estimativa é de 2 mil mortos (crianças, mulheres, homens e idosos). Tanta carnificina em nome de um ideal político e religioso.

Na capital do Níger, Niamey (faz fronteira com a Nigéria, neste último final de semana, 17 e 18 de janeiro de 2015), mais de dez cristãos foram assassinados, mais de 45 igrejas cristãs destruídas, durante “pseudas-manisfestações” contra o Charlie Hebdo devido a sua última publicação. Estas igrejas não tinham nenhuma relação com a revista e mesmo assim, devido ao ódio injustificado foram atacadas e destruídas.

Novamente dizemos: Nada justifica o uso de violência extrema resultando em várias mortes na França, na Nigéria e no Níger. Por isso, o Comitê Inter-religioso do Pará repudia estes ataques!

Reflita e imagine por um instante, que se todos que sofreram intolerância de qualquer tipo, preconceito, machismo, racismo, homofobia, resolvesse responder a violência sofrida com violência, atacando e matando seus ofensores. Será que sobraria algum ser humano vivo neste planeta?

Coordenação do Comitê Inter-religioso

Venha discutir Estado Laico conosco!


Programação do Evento

15:00                    Abertura
15:10                     Exibição do Vídeo da SJDH
15:40                    Composição da Mesa – Cerimonial
15:45                    Comunicação I: Apresentação do Comitê Interreligioso do Estado do Pará.
Comunicador: Alan Fonseca – Kpejigan Gankonan.
16:05                    Comunicação II: Estado Laico.
Comunicadora: Kátia Hadad
16:25                     Comunicação III: Signos e Símbolos Religiosos.
Comunicadora: Ilziris Miranda.
16:45                     Comunicação IV: Liturgias e Oferendas.
Comunicadora: Irmã Téa Frigerio.
17:05                     Inscrições, Debates (Até 3 minutos para as sistematizações).
18:00                     Encaminhamento das Proposições a CMB.
18:15                      Comunicação do Proponente da Sessão.
Vereador Fernando Carneiro
18:45                     Encerramento.
18: 45                    Celebração Interreligiosa.

Imagem

Publicado por: Comitê.PA | 06/11/2013

Celebração em Honra ao Dia Mundial de Oração Pela Paz

Foi maravilhoso celebrar o dia mundial de oração pela paz, no último dia 29 de outubro de 2013, em uma atmosfera de harmonia e interreligiosidade.

1426425_177609559098136_1583832974_n 1395193_177609695764789_2019470632_n 1395137_177609189098173_759817302_n 1391674_177609152431510_1565257158_n 1391615_177609282431497_221862088_n 1384115_177609749098117_718939854_n 1383564_177607652431660_241394496_n 1383537_177605902431835_1974394016_n 1383408_177606072431818_1993831297_n 1383120_177608122431613_1839101269_n 1383053_177609802431445_557300012_n 1382420_177609315764827_1208206455_n 1381764_177607535765005_1190497398_n 1381717_177607182431707_401453909_n 1381292_177605955765163_950743318_n 1380328_177607735764985_36064900_n 1379968_177609439098148_94954264_n 1379678_177606182431807_1026773423_n 1378732_177607785764980_1533742657_n 1378482_177605822431843_817068367_n 1012013_177609609098131_1787761568_n 999651_177608542431571_1848743929_n 999093_177608842431541_1593517693_n 995548_177609875764771_737590004_n 941800_177606472431778_716971107_n 941295_177609932431432_713634712_n 603073_177606502431775_1303144105_n 602110_177607912431634_1164859052_n 601432_177605695765189_1585212267_n 554676_177607589098333_1295751450_n 553045_177610105764748_966860870_n 521729_177607939098298_601023413_n 264524_177609255764833_1746254407_n 9240_177609485764810_1501923697_n 6432_177609982431427_185841768_n 1450039_177609359098156_385282576_n

Older Posts »

Categorias